Vanderlei Soares pede que governo reveja as mudanças nas regras do Nota Fiscal Paulista

????????????????????????????????????

20/04/2017 – O vereador Vanderlei Soares (PMDB) é contrário às mudanças nas regras do programa Nota Fiscal Paulista, propostas pelo governo do Estado. Durante discurso na Câmara, nesta segunda-feira (17), o vereador pediu que sejam revistas as modificações no programa, que segundo ele prejudicam as entidades beneficentes. “Muitas entidades se acostumaram a usufruir desses recursos”, afirma o vereador, criticando os novos critérios, que afetariam o repasse de recursos a entidades da cidade, como o asilo, o Hospital Beneficente Sagrado Coração de Jesus e a ONG Novo Dia.

Vanderlei comentou o recebimento, pela Câmara, de cópia da moção 258/2017, de autoria do vereador José Fornasari, de Santa Bárbara D’Oeste, que “apela ao Governador e à Assembleia Legislativa contra as modificações no programa, especialmente no repasse para instituições do terceiro setor”. O documento afirma que o “Governo do Estado também pretende modificar a forma de doação das notas fiscais para as entidades. Passando do atual sistema de depósito da nota em uma ‘caixinha’ nos estabelecimentos comerciais para a necessidade do consumidor acessar um aplicativo de celular, fotografar a nota fiscal e escolher a entidade beneficiada”.

Vanderlei critica a medida, ressaltando que não são todas as pessoas que possuem celulares com tecnologias para envio de fotos. Durante o discurso, o vereador também estimulou que a Câmara de Monte Mor encaminhe uma moção, pedindo ao governador do Estado a revogação das mudanças do programa.

LISTA FECHADA: O vereador também criticou o projeto em tramitação no Congresso Nacional, que prevê a adoção da “lista fechada” nas eleições. Basicamente, trata-se de proposta em que o eleitor vota apenas em um partido, e os candidatos são eleitos a partir de listas partidárias pré-definidas. “É uma maneira de os partidos manterem seus caciques se perpetuando nos mandatos”, criticou, pedindo a mobilização dos vereadores e o encaminhamento de moção aos deputados federais, reivindicando a não aprovação das mudanças. “É muito complicado fazer uma reforma política de uma maneira que favorece a poucos”, concluiu.

CARRETA DA MAMOGRAFIA: Vanderlei Soares também comentou que essa é a última semana de atendimentos da carreta da mamografia do programa “Mulheres de Peito”.  E incentivou que as mulheres que não foram atendidas procurem as Unidades Básicas de Saúde. O vereador também agradeceu ao prefeito Thiago Assis (PMDB), as secretarias de Saúde e Assistência Social e a todos os envolvidos no projeto. Segundo a prefeitura, entre 21 de março a 20 de abril foram realizados mais de mil exames.

ASFALTO: Vanderlei Soares comunicou que as obras de asfaltamento do bairro Jd. Colina foram retomadas. Segundo ele, a expectativa é que esta etapa seja finalizada dentro de alguns dias – inclusive contemplando a Rua 22. De acordo com o vereador, as obras estavam paralisadas há  muito tempo, por falta de repasse do Governo Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *