Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > > Notícias > > Câmara aprova projeto que cria a Semana Municipal de Conscientização sobre a Depressão Infanto-Juvenil
Início do conteúdo da página

Câmara aprova projeto que cria a Semana Municipal de Conscientização sobre a Depressão Infanto-Juvenil

geral 13.11 1Os vereadores, durante a votação do projeto14/11/2017 - “A depressão infanto-juvenil tem aumentado em demasia, ultimamente, e a procura por tratamento é evidente nos consultórios de especialistas”. É o que afirma a justificativa do projeto de lei 167/2017, de autoria do vereador Eduardo Bispo (PSDB). Aprovado na sessão desta segunda-feira (13), por unanimidade, o projeto de lei cria a Semana Municipal de Conscientização sobre a Depressão Infanto-Juvenil.

De acordo com o projeto, a semana de conscientização terá como objetivos principais levar ao conhecimento da população informações acerca da doença, seu diagnóstico e tratamento adequados, além de auxiliar na detecção de casos e no respectivo encaminhamento para acompanhamento especializado. Palestras, atividades lúdicas e seminários estão previstos para ocorrer, entre 8 e 14 de outubro de cada ano.

“Os sintomas da depressão em crianças e adolescentes podem ser confundidos com oscilações de humor presentes [...], prejudicando a compreensão e tratamento da doença”, afirma Bispo, na justificativa do projeto. “O comportamento alegre, movimentado e explorador, típico das crianças saudáveis, transforma-se, ao ser ameaçado por um medo excessivo, por tristezas às vezes sem fundamento, além de apatia e desânimos e falta de motivação”, conclui. eduadobispo 13.11.2017 pl167Bispo, autor do projeto de lei

O vereador Vanderlei Soares (PMDB) elogiou a iniciativa, e lembrou que novembro é o mês da consciência negra. “Muitas crianças negras sofrem o preconceito, devido à cor da pele, e esse com certeza é mais um dos motivos que causa a depressão”, destacou, lembrando que esse assunto ainda é considerado um tabu, nas escolas. “Há o racismo, há o preconceito […] E esse é um item que se encaixa no projeto”, concluiu, destacando a importância de se coibir o racismo.

Ainda de acordo com o projeto de lei, escolas públicas e privadas do município poderão celebrar parcerias com Unidades Básicas de Saúde (UBS’s), hospitais, ONGS e outras entidades, com o objetivo de garantir os propósitos pretendidos. O projeto aprovado, que segue agora para sanção do prefeito Thiago Assis (PMDB), também prevê que a Semana de Conscientização sobre a Depressão Infanto-Juvenil passará a integrar o calendário oficial do município.

Fim do conteúdo da página