Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > > Comunicação > > Notas Oficiais > > Para Jesus Lopes, população precisa se unir para eleger “pessoas comprometidas com o povo”
Início do conteúdo da página

Para Jesus Lopes, população precisa se unir para eleger “pessoas comprometidas com o povo”

JesusLopes 04.06.2018"Estamos caminhando para uma eleição. Nós temos que refletir, analisar e comparar os candidatos", disse Jesus06/06/2018 - O vereador Jesus Lopes (PR) comentou o atual cenário político do país, após a crise de desabastecimento de combustíveis provocada pela recente greve dos caminhoneiros. Para o parlamentar, a sociedade precisa se unir, para “eleger pessoas comprometidas com o povo”.

Segundo o vereador, o “sufoco” provocado pela greve é alarmante. “A gente não pode fechar os olhos. Isso acende uma luz vermelha, para nós que somos políticos e para a população, para cobrarmos com mais efetividade os nossos governantes”, disse.

As declarações foram emitidas durante discurso no plenário, na sessão ordinária desta segunda-feira (21). No pronunciamento, Jesus também criticou o Governo Federal - “um governo de descaso, onde nós, além de trabalhar, pagamos as contas”.

“É um momento de refletirmos. Estamos caminhando para uma eleição. Nós temos que refletir, analisar e comparar os candidatos que estarão presentes. Para não sofrermos o que estamos sofrendo hoje, com essa administração que está aí”, disse o vereador.

ELEIÇÕES 2018

O vereador defendeu uma atitude proativa da sociedade. “Que os eleitores [...] sejam mais criteriosos na hora de escolher deputados, senadores, governadores, presidente [...] Precisamos nos preparar, para colocar um ponto final nesse descaso dos representantes nossos”.

Jesus também afirmou que, durante a paralisação dos caminhoneiros e mediante o clamor de “várias denominações”, foram poucos os deputados e senadores que apoiaram a greve. “Eu não vi ninguém falar que essas pessoas tinham direito à greve”, reclamou.

“O brasileiro está cansado de pagar imposto. Temos que nos unir, para colocar [na política] pessoas comprometidas com o povo [...] Que a população abra o olho, e aprenda a votar”, disse, defendendo a eleição de candidatos que estejam preocupadas com o sofrimento do povo.

O parlamentar também citou a alta dos preços da energia elétrica, de produtos e até da gasolina, anunciada nos últimos dias. E disse que os brasileiros estão “à mercê de um governo que não se preocupa com a população”.  “Quem paga a conta somos nós”, concluiu.

 
Fim do conteúdo da página