Bispo pede Apae e serviço de equoterapia para crianças de Monte Mor

Eduardo Bispo - 03.07.2017 3

06/07/2017 – O vereador Eduardo Bispo (PSDB) sugere que uma unidade da Apae – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais – seja criada em Monte Mor, para atender as crianças com necessidades especiais do município. Em discurso no plenário, nesta segunda-feira (3), o vereador também sugeriu que o município disponibilize serviço de equoterapia para as crianças.

Segundo Bispo, Monte Mor é a 5ª cidade da Região Metropolitana de Campinas em extensão territorial, e possui demanda suficiente para esses serviços. No sábado (1º), o vereador visitou a Apae de Capivari, e acompanhou o “trabalho magnífico” que é feito com os alunos da entidade. “É triste não termos uma Apae em Monte Mor”, afirmou.

No pronunciamento, Bispo também agradeceu aos deputados federais Vanderlei Macris (PSDB) e Carlos Zarattini (PT), pelo envio de emendas parlamentares de R$250 mil cada, que permitirá o asfaltamento das ruas 10, 11, 12 e 14 do Jardim Alvorada, cujas obras começaram na semana passada. “Essa pavimentação vem ao encontro das necessidades dos moradores”, disse.

Bispo também agradeceu o empenho do secretário municipal de Obras, Vilson Amaral, e destacou que as emendas parlamentares são fruto das viagens dos vereadores a Brasília.

Reivindicações

O vereador também fez alguns pedidos de melhorias para os bairros: no Jardim Campos Dourados, instalação de iluminação e pontos de ônibus com cobertura nas proximidades da passarela, e limpeza da Unidade Básica de Saúde Herculano Ginefra, além da continuidade da calçada; no Jardim Paulista, recapeamento e a notificação dos proprietários que mantenham os terrenos sujos; no Jardim São Clemente, instalação de calçada na avenida, nas proximidades da escola, garantindo a segurança das crianças.

No discurso, Bispo também parabenizou o diretor de Cultura, Marcelo Menegatti, pelo trabalho desenvolvido no município. O vereador participou do 3º Encontro da Cultura de Monte Mor, realizado no dia 29 de junho, no Joaquinzão. E sugeriu, em seu pronunciamento na Câmara, que seja criada a Secretaria Municipal de Cultura, que ficaria a cargo do agora diretor, Marcelo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *